DSC03766
15
mar
2013

Rosca de Passas Individuais

Esta rosquinha é muito fácil de fazer e aqui em casa todos adoram.Para o café da manhã ou para o lanche da tarde, é sempre uma ótima pedida.

INGREDIENTES DA MASSA:

3/4 de xícara de leite (morno)
06 colheres de sopa de açúcar
01 colher (chá rasa) de sal
03 colheres (sopa) de manteiga derretida
4 colheres (sopa) de água morna
3 tabletes de fermento biológico fresco (45 g) ou 15 a 20 g de fermento biológico instantâneo
5 xícaras de farinha de trigo (600 g)
03 ovos

RECHEIO:

1/2 xícara de açúcar
100 gr de uvas passas pretas (mais ou menos)
03 colheres de sopa de manteiga
01 colher (sobremesa) de canela em pó
*1/2 de calda de açúcar para colocar sobres as roscas quentes ou leite condensado

MODO DE FAZER:

Junte o leite morno, o fermento, o açúcar, o sal, os ovos e a manteiga em uma bacia, e misture bem.
1
Acrescente a farinha de trigo aos poucos e amasse até soltar da vasilha.

Dê uma boa sovada até que a massa fique homogênea e macia. Deixe crescer em uma bacia tampada com um pano de prato até que a massa dobre de volume.
3

Abra a massa em uma superfície polvilhada com farinha em um retângulo, de aproximadamente 20 cm de largura.

Pincele a manteiga, o açúcar, a canela e as passas, reservando um espaço nas bordas sem recheio, para facilitar que as roscas não se abram.
4

Enrole a massa como rocambole e corte em fatias de mais ou menos dois dedos de largura (ficam como a fatia húngara).
Coloque as fatias em uma assadeira untada e enfarinhada.

Cubra e deixe crescer por mais uns 40 minutos a uma hora (quando o dia estiver quente a massa cresce mais rapidamente). Quando atestar que cresceram, leve para assar em forno pré-aquecido, até que fiquem douradas.

6

Retire do forno e ainda quente, jogue uma calda de açúcar (opcional). Pode também colocar leite condensado, no lugar da calda.

2 comentários

  1. Denner 17 de março de 2013 at 23:52 #

    Experimentei e aprovo!! Muito bom!

    • Paula 18 de março de 2013 at 10:22 #

      Que bom que gostou Denner e de onde saíram estas muitas outras virão….

Deixe seu comentário

*